Elaborando um Glossário sobre Clonagem

12-02-2011 17:14

Elaborando um glossário sobre clonagem

 

Cristina Faganeli Braun Seixas*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação

Objetivos

- Desenvolver a habilidade de leitura e de interpretação de textos.
- Introduzir o vocabulário científico.
- Reconhecer as diferentes informações e sua importância.
- Elaborar um glossário.

Introdução

A palavra "clone" é originária do grego "klon" e significa "broto". É utilizada para designar um conjunto de indivíduos que deram origem a outros por meio de reprodução assexuada. A clonagem é o processo natural (gêmeos idênticos, por exemplo) ou artificial por meio do qual são produzidas cópias fiéis de outro indivíduo.

O termo clone foi criado em 1903, pelo botânico norte-americano Herbert J. Webber. Segundo ele, o clone é, basicamente, o descendente de um conjunto de células, moléculas ou organismos geneticamente igual a uma célula matriz.

O processo de clonagem natural ocorre em alguns seres, como as bactérias e outros organismos unicelulares, que realizam sua reprodução pelo método da bipartição. Além disso, o tatu também produz um clone, mas através da poliembrionia. 
No caso dos humanos, os clones naturais são os gêmeos univitelinos, ou seja, seres que compartilham do mesmo material genético (DNA), sendo originados da divisão do óvulo fecundado.

No processo de clonagem artificial existem várias técnicas de clonagem: a reprodutiva, a de DNA, a terapêutica, dentre outras.

Materiais

Estratégias

1. Realizar a leitura dos textos.

2. Conceituar clonagem.

3. Discutir o primeiro texto, resgatando o histórico dos trabalhos realizados com clonagem e a importância deles para a atualidade.

4. Discutir sobre a importância dos tipos e usos da clonagem.

5. Solicitar que os alunos façam, individualmente, um glossário sobre o tema. As palavras a seguir devem constar desse glossário (mas seria bom que os alunos introduzissem novos vocábulos): clonagem; clonagem terapêutica; clonagem de DNA; clonagem reprodutiva; célula somática; plasmídeo; vetores; células-tronco.

6. Organizar os alunos em duplas e pedir que eles comparem seus respectivos glossários, acrescentando novas palavras, se necessário. 

 

Cristina Faganeli Braun Seixas é bióloga e professora da Fundação Bradesco (Unidade I - Osasco).