Níveis de Organização dos Seres Vivos

12-02-2011 17:05

Níveis de organização dos seres vivos

 

Cristina Faganeli Braun Seixas*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação

Objetivos

- Identificar os níveis de organização dos seres vivos, iniciando pelo átomo e chegando ao organismo humano.
- Aprimorar o trabalho por meio de uma escala. 
- Desenvolver o trabalho em equipe. 

Comentários

Existem vários níveis hierárquicos de organização entre os seres vivos, começando pelos átomos e terminando na biosfera:

Página 3

  • Átomos e moléculas: os átomos formam toda a matéria que existe. Eles se unem por meio de ligações químicas para formar as moléculas - desde moléculas simples como a água (H2O), até moléculas complexas como proteínas, que possuem de centenas a milhares de átomos.

  • Organelas e células: as organelas são estruturas presentes no interior das células, que desempenham funções específicas. São formadas a partir da união de várias moléculas. A célula é a unidade básica da vida, sendo imprescindível para a existência. Existem tipos diferentes de células, cada uma com sua especificidade.

  • Tecidos: os tecidos são formados pela união de células especializadas e semelhantes que desempenham a mesma função. Os tecidos estão presentes apenas em alguns organismos multicelulares, como as plantas e os animais.

  • Órgãos e sistemas: os tecidos se organizam e se unem, formando os órgãos. Os sistemas são formados pela união de vários órgãos, que trabalham em conjunto para exercer uma determinada função corporal, como, por exemplo, o sistema digestório, que é formado por diferentes órgãos (boca, esôfago, estômago, intestinos, dentre outros). 
  • Organismo: a união de todos os sistemas forma o organismo, que pode ser, por exemplo, uma pessoa. 
  • Materiais

    - cartolina;
    - diferentes papéis; 
    - régua; 
    - cola. 

    Estratégias

    1) Informar os alunos sobre os níveis de organização.

    2) Conversar com os alunos sobre a necessidade de se utilizar uma escala para representação.

    3) Combinar a escala a ser seguida por todos. Sugestão: 
    átomo  um centímetro.
    molécula três centímetros.
    organela  seis centímetros.
    célula  doze centímetros.
    tecido  24 centímetros.
    órgão  48 centímetros.
    sistema  96 centímetros.
    organismo  192 centímetros.

    4) Solicitar que os alunos se organizem em grupos de quatro integrantes.

    5) Numerar os grupos e orientá-los, conforme sugestão abaixo: 
    - grupo 1: desenhar o átomo, a molécula e uma organela presente na célula animal. 
    - grupo 2: desenhar a célula eucariótica animal, com diferentes organelas em seu interior. 
    - grupo 3: desenhar um tecido e um órgão correspondente. 
    - grupo 4: desenhar o sistema relacionado ao órgão anterior. 
    - grupo 5: desenhar o corpo humano.

    6) Discutir com os alunos os níveis de organização, utilizando os desenhos elaborados. 

    Dica

    Em cada figura poderá ser colocado um velcro, a fim de possibilitar a retirada ou acréscimo de níveis durante a explicação. A representação poderá ser ampliada até a biosfera.